"Já reduzimos o nível de erro na nossa recolha de 2000 ppm para 800 ppm, mais existe muita pressão por parte da América para chegarmos o mais próximo possível dos 0 ppm. Por isso queremos dar ao nosso pessoal  ferramentas para que haja menos erros."

- Natacha Claessens, Gestora de Armazém, Centro Distribuição Gates

100 anos de experiência a fazer avançar o progresso

A Gates é um produtor americano de transmissões de potência com mais de cem anos de história. A empresa tem vários milhares de milhões de dólares de volume de negócios global, graças a transmissões por correia, mangueiras industriais e conectores hidráulicos. Estes produtos são vendidos para a indústria automóvel, petrolífera e gás, e uma gama de outras indústrias, quer como equipamento original, quer como equipamento de reposição. 

Perto de Gent, Bélgica, a Gates opera dois grandes Centros de Distribuição, localizados perto um do outro. A partir destes Centros de Distribuição, a Gates envia encomendas para os clientes em toda a Europa. Natacha Claessens é Gestora de Armazém: "Os nossos dois Centros de Distribuição enviam cerca de 400 encomendas por dia, contendo 8 500 itens de encomenda. O que totaliza 50 toneladas de bens por dia. Para manter esta circulação, o maior dos dois Centros de Distribuição funciona todo o dia, cinco dias por semanas, em três turnos de oito horas."

"Além disso, as logísticas são muito complicadas. Uma vez que fornecemos distribuidores, mas também utilizadores finais, para garagens, o tamanho das encomendas varia de pequenas embalagens até cargas que ocupam todo um camião."

Cada erro de recolha representa 125 euros de custo

Como em qualquer atividade de recolha de encomendas de volume considerável, os erros de recolha são um problema constantemente batalhado. Os Centros de Distribuição da Gates são pressionados pelos níveis mais elevados da gestão para reduzirem as suas taxas de erro. "Os erros de recolha são um problema constante. Devido à perda de satisfação de cliente, mas também devido ao custo real: calculamos que cada erro de recolha representa um custo de 125 euros, devido a envios e gestão administrativa extra."

"Já fomos capazes de reduzir a nossa taxa de erro para 800 ppm ao nível de item de encomenda, mas existe muita pressão por parte da América para chegarmos o mais próximo possível dos 0 ppm. Por isso queremos dar ao nosso pessoal  ferramentas para que haja menos erros." O sistema móvel de pesagem RAVAS é uma dessas ferramentas."

Consideráveis poupanças de custo ao verificar os itens de encomenda por peso

Na Gates os camiões de recolha de encomenda STILL são equipados com empilhadoras de pesagem RAVAS e um terminal inteligente de pesagem com ecrã tátil. O terminal tem uma base de dados que contém os pesos das peças de todos os SKU nos Centros de Distribuição. Após o operador ter recolhido os artigos ao nível do itens de encomenda e de os ter adicionado à palete que está na empilhadora de pesagem, ele lê o código de barras do produto. Esta leitura do código de barras identifica o artigo na base de dados do terminal.  O terminal depois utiliza o peso da unidade do artigo para traduzir o aumento de peso nos garfos para um número de artigos recolhidos e mostra este número no ecrã.  Tal permite ao operador verificar se recolheu o número correto de artigos. Qualquer erro é corrigido no local onde o custo é inferior: no local de recolha.

Natacha Claessens: "O nosso caso empresarial com os sistemas de pesagem é baseado no pressuposto que iremos atingir consideráveis reduções de custo, não só graças à redução do número de erros de recolha, mas também devido à eliminação de inspeções finais. Estas são agora realizadas por uma FTE e meia que podemos depois aplicar de forma produtiva em qualquer outro lugar. Tal irá poupar 60.000 euros adicionais por ano."

Sistemas de pesagem em linha com o Expedidor Red Prairie

O projeto de pesagem móvel ainda oferece amplas oportunidades de otimização. "De momento, o sistema de pesagem ainda opera de forma independente. Utilizamos dispositivos móveis para comunicar as encomendas aos operadores. O próximo passo será fazer com que o terminal de pesagem comunique diretamente com o nosso Expedidor WMS através da nossa rede WLAN. Todo o hardware necessário já está presente nos terminais de pesagem. No final, quase todas as unidades de recolha de encomendas da nossa frota irão estarão equipadas com um sistema de pesagem online."

"Temos uma cooperação de sucesso com a RAVAS, a interação é muito fácil. Já passámos por um grande programa de desenvolvimento com este projeto. Todos os nossos pedidos são levados em conta, sentimos realmente que a RAVAS é um parceiro que acompanha a nossa linha de pensamento."

Gates-Logo

 

COMPANY
Gates


LOCATION
Gent, Bélgica


APPLICATION
Preparação de pedidos


Preparação de pedidos
Na recolha de pedido a performance resume-se a duas coisas: velocidade e exatidão. Erros podem ser um fardo na empresa. Porque custam tempo, dinheiro e boa vontade. Pesar nas máquinas de recolha de pedidos previne erros de picking. Se um erro é assinalado, o operador pode reagir de imediato e corrigir o erro onde este custa menos: no local de picking. Se for utilizada uma balança integrada no modo de contagem, o operador pode também ver no visor quantos artigos do pedido já folham recolhidos, Isto aumenta muito a sua velocidade de trabalho e reduz a possibilidade de erros de contagem.

Inscreva-se agora!

Inscrever-se para todos RAVAS Notícias agora.

Charlotte Maassen